A educação científica e tecnológica de alta qualidade é um instrumento fundamental de participação na sociedade contemporânea. Ao preparar os alunos para interpretar dados, avaliar evidências e tomar decisões, as práticas científicas e as tecnologias tornam-se ferramentas importantes para a participação efetiva em um mundo cada vez mais complexo. O avanço científico, aprimorado pelas novas tecnologias, se desenvolve exponencialmente: não podemos simplesmente adicionar conteúdos aos currículos indefinidamente, particularmente nas áreas de tecnologia e computação. As abordagens mais modernas de ensino oferecem alternativas: por meio de conteúdos bem selecionados, objetivos de aprendizagem claramente definidos e metodologias construcionistas, os alunos adquirem entendimentos mais aprofundados que os preparam para lidar com os conteúdos mais sofisticados que surgirão no futuro. Esta proposta tem como objetivo apoiar a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro Estruturar na implementação dos Ginásios Educacionais Tecnológicos (GETs), por meio da formação dos professores responsáveis pela coordenação de laboratórios e da integração de tecnologias. O principal foco da formação é preparar os professores para colaborar de maneira efetiva com os demais professores de suas escolas no planejamento, implementação e avaliação de sequências didáticas que façam uso relevante dos “co-laboratórios”. 

Carga horária: 232 horas (grupo 1) e 116 horas (grupo 2)
Público Alvo: Professores Articuladores dos GETs

Formação de acolhimento para docentes.

Carga horária: 4 horas
Público Alvo: Professores do Ensino Fundamental: anos iniciais e finais
Accessibility

Background Colour

Font Face

Font Size

1

Text Colour